terça-feira, 16 de setembro de 2014

Perdoa-te



A palavra evangélica adverte que se deve ser indulgente para com as faltas alheias e severo em relação às próprias.

Somente com uma atitude vigilante e austera no dia-a-dia o homem consegue a auto-realização.

Compreendendo que a existência carnal é uma experiência iluminativa, é muito natural que diversas aprendizagens ocorram através de insucessos que se transformam em êxitos, após repetidas, face aos processos que engendram.

A tolerância, desse modo, para com as faltas alheias, não pode ser descartada no clima de convivência humana e social.

Sem que te acomodes à própria fraqueza, usa também de indulgência para contigo.

Não fiques remoendo o acontecimento no qual malograste, nem vitalizes o erro através da sua incessante recordação.

Descobrindo-te em gravame, reconsidera a situação, examinando com serenidade o que aconteceu, e regulariza a ocorrência.
És discípulo da vida em constante crescimento.

Cada degrau conquistado se torna patamar para novo logro.

Se te contentas, estacionando, perdes oportunidades excelentes de libertação.

Se te deprimes e te amarguras porque erraste, igualmente atrasas a marcha.

Aceitando os teus limites e perdoando-te os erros, mais facilmente treinarás o perdão em referência aos demais.

Quando acertes, avança, eliminando receios.

Quando erres, perdoa-te e arrebenta as algemas com a retaguarda, prosseguindo.

O homem que ama, a si mesmo se ama, tolerando-se e estimulando-se a novos e constantes cometimentos, cada vez mais amplos e audaciosos no Bem.
********************************
Joanna de Ângelis




segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Tudo o que eu preciso




Tudo o que eu preciso pra viver carrego sem ocupar as mãos.

Tudo o que eu preciso pra ser feliz não se transporta numa caixa, não se guarda numa na bolsa, nem pesa nos ombros.

Carrego comigo o que é possível pra me movimentar livre, nesse mundo tão cheio de coisas.

As coisas que eu carrego não têm peso, nem forma, nem volume.

São coisas que me alimentam sem que eu precise comer.

Que me locomovem sem que eu precise caminhar.

Que me alegram sem que eu precise comprar.

Carrego comigo a sabedoria herdada dos meus pais.

A dignidade conquistada com o meu trabalho.

As lições aprendidas na dor.

O amor dos meus afetos.

E a força da minha fé.

Com isso eu posso ir mais longe do que qualquer viajante carregado de bagagem.

Assim fica mais fácil viver e andar por aí.

Porque coisas ocupam espaços, atravancam caminhos, bloqueiam a visão.

As coisas que não cabem no coração, pesam nos braços.

Por isso eu carrego só coisas que caibam aqui, nos sonhos que eu inventei pra ser feliz.
-----------------
Texto de Lena Gino
 




domingo, 14 de setembro de 2014

Deus no Comando



Deus conhece o teu destino e comanda a tua vida.
*
O que te ocorre, mereces, a fim de conquistares novas marcas na escala da evolução.
*
Deus é Pai Misericordioso e vela por ti.
*
Jamais te consideres desprezado, resvalando pela rebeldia e blasfêmia.
*
O homem deve treinar coragem e resignação, sem cujos valores permanece criança espiritual.
*
Deus não tem preferências e nos ama a todos.
*
Deixa-te conduzir pelas ocorrências que não podes mudar, e altera com amor aquelas que te irão beneficiar.
*
Desesperar-te? Nunca!
******************
Joanna de Ângelis






sábado, 13 de setembro de 2014

Agora




Se a consolação do Evangelho nos visitou a alma...

Se a bênção da fé nos ilumina..

Se a nossa confiança permanece restaurada..

Se a fraternidade é o ideal que buscamos...

Agora, realmente, a nossa vida aparece modificada.

Agora conhecemos, agora temos e agora somos.

Porque, em Cristo, nossa alma sabe o que deve fazer, recebe do céu o suprimento de recursos e valores, de acordo, com as nossas próprias necessidades, e é detentora de bênçãos e dons que nem todos, de momento, conseguem desfrutar.

Antes, seria difícil a tarefa do auxilio.

Nosso horizonte jazia velado pelas trevas.

Crisálidas da Inteligência, descansávamos no casulo da ignorância.

Agora, porém..

O Senhor, utilizando mil pequeninos recursos, acendeu a luz do conhecimento divino em nosso espírito, e, com a visão mais alta da vida e do mundo, cresceram a nossa importância de pensar e a nossa responsabilidade de viver.

Se já encontraste com Jesus, não te queixes.

Ontem, poderias alegar fraqueza e desconhecimento como pretextos para ferir ou repousar, fortalecendo o poder da inércia ou da sombra.

Hoje, porém, é o teu dia de servir e de caminhar.
*********************
Meimei
Chico Xavier





 

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Teus Encargos

  "...Sede vós perfeito como perfeito é o vosso Pai Celestial".  Jesus (Mateus, 5:48).

Cada qual de nós, conforme as leis que nos regem, se encontra hoje no lugar certo, com as criaturas adequadas e nas circunstâncias justas, necessárias ao trabalho que nos compete efetuar, na pauta de nosso próprio merecimento.

Observa os encargos que te honorificam a existência como sendo, desse modo, atividades de alta significação em teu benefício, porquanto se erigem todos eles em tope de realização a que, por enquanto, te podes consagrar.

Seja em casa ou na oficina, no grupos de serviço ou na tela social, és uma peça consciente na estrutura da vida, desfrutando a possibilidade de criar, agir, colaborar e fazer, na elevação da própria vida.

"sede perfeitos como é perfeito nosso Pai Celestial" - exortou-nos Jesus.

Pensemos nisso, melhorando-nos sempre.

Sem dúvida que outros conseguem substituir-te no trabalho a que te entrosas; no entanto, em se tratando de ti, é justo recorde que Deus nos fez, a todos, espíritos imortais com o dever de aprimorar-nos até que venhamos a identificar-nos inteiramente com o seu Infinito Amor, conservando embora, em todo tempo e em qualquer parte, a prerrogativa de seres inconfundíveis da Criação.

Teus encargos - tuas possibilidades de acesso a planos superiores.

Realmente nós - os espíritos em evolução nas vias terrestres - estamos ainda muito distantes da angelitude; entretanto cada um de nós, onde estiver, poderá, desde agora, começar a ser Bom.
******************
****************
Emmanuel
Chico Xavier 







quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Deus Aguarda





Nunca se creias inútil.

O Caminho para a Vida Superior começa na prestação de serviço aos outros. E as Leis de Deus não te conservariam onde te encontras, se ai não tivessem necessidade de ti.

Reflete e reconheceras que todos os seres, ao redor de teus passos, algo esperam que os mantenha e auxilie.

Erguendo-te, cada manhã, observa e perceberás que todos aqueles que se te associam ao grupo doméstico, aguardam o teu sorriso ou a tua frase encorajadora, nos quais se nutram de equilíbrio para mais um dia de trabalho e de esperança.

Nas tarefas em que te vejas, os companheiros te rogam cooperação.

Na rua, os transeuntes te pedem paciência em que se te expressem o entendimento e a bondade.

E a lista das requisições prossegue aumentando...

O Irmão da experiência comunitária te reclama simpatia,
 os necessitados aguardam pelo socorro que se te faça possível; 
o animal te esmola proteção,
 a planta te requisita respeito,
 a fonte espera lhe faças a preservação e a defesa,
 o ambiente em que vives conta contigo, 
na execução dos próprios deveres, a fim de que a paz felicite a vida de todos... 
E se estiveres de pensamento acordado, ante os princípios do Bem Eterno, compreenderas, em todas as situações e em todos os lugares, que Deus necessite de tua colaboração e espera por ti.
******************
Meimei 
Chico Xavier 








quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Idosos


Exercita a gentileza e a gratidão para com todas as pessoas, especificamente os idosos.

A velhice é fase inexorável que alcançarás, caso a morte não te arrebate o corpo antes.

Nesse período difícil, as forças diminuem, os órgãos se debilitam, as lembranças se apagam e a dependência física, emocional e afetiva se faz imperiosa.

Pode parecer cansativa a presença do idoso; ele, porém, é rico da experiência que te pode brindar, mas carente dos recursos que lhe podes oferecer.
************
Joanna de Ângelis
 










terça-feira, 9 de setembro de 2014

Compromissos Verdadeiros


Nosso mais urgente compromisso é com nossa felicidade.
Por confundirmos os reais fundamentos da nossa existência é que tentamos controlar os outros, acreditando que isso levará a melhores resultados em nossa vida.
*
Ninguém consegue dirigir ninguém; ninguém consegue educar ninguém sem a sua permissão.
 O que nos é consentido é a ajuda desinteressada e não a intromissão na vida alheia e o desrespeito ao modo de pensar dos outros.
*
Auxiliar as pessoas é dispor de carinho e apoio a suas motivações, porém, se isso não for possível, abstenhamo-nos de simplesmente aceitar incondicionalmente.
*
Nossa felicidade depende unicamente de nós mesmos; não nos agarremos aos outros numa corrida louca e desenfreada que chamamos de "paixão amorosa".
 Isso somente nos trará frustração e decepção.
*
Busquemos em nós mesmos a alegria de viver.
 O que buscamos fora de nós é passageiro e irreal
. Repito: Nossa felicidade é compromisso com nós mesmos.
***************
Hammed





segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Perdoar


 
Perdoa seja o que for e a quem for.

O perdão beneficia aquele que perdoa, por propiciar-lhe paz espiritual, equilíbrio emocional e lucidez mental.

Felizes são os que possuem a fortuna do perdão para a distender largamente, sem parcimônia.

O perdoado é alguém em débito; o que perdoou é espírito em lucro.

Se revidas o mal és igual ao ofensor; se perdoas, estás em melhor condição; mas se perdoas e amas aquele que te maltratou, avanças em marcha invejável pela rota do bem.

Todo agressor sofre em si mesmo.

É um espírito envenenado, espargindo o tóxico que o vitima.

Não desças a ele senão para o ajudar.
***************************
Joanna de Ângelis






domingo, 7 de setembro de 2014

Auxiliarás por Amor



Escutarás muita gente a falar de compreensão e talvez que, sob o reflexo condicionado, repetirás os belos conceitos que ouviste, através de preleções que te angariarão simpatia e respeito.

Entretanto, se não colocares o assunto nas entranhas da alma, situando-te no lugar daqueles que precisam de entendimento, quase nada saberás de compreensão, além da certeza de que temos nela preciosa virtude.

Falarás de paciência e assinalarás muitas vozes, em torno de ti, referindo-se, no entanto, se no imo do próprio ser não tens necessidade de sofrer por algum ente amado, muito pouco perceberás acerca de calma e tolerância.

Exaltarás o amor, a bondade, a paz e a união, mas se nas profundezas do espírito não sentires, algum dia, o sofrimento a ensinar-te o valor da nota de consolação sobre a dor de que te lamentas; 
a significação da migalha de socorro que outrem te estenda em teus dias de carência material; 
a importância da desculpa de alguém a essa ou àquela falta que cometeste e o poder do gesto de pacificação da parte de algum amigo que te restituiu a harmonia, em tuas próprias vivências, ignorarás realmente o que sejam entendimento e generosidade, perdão e segurança íntima.

Seja qual a dificuldade em que te vejas, abstém de carregar o fardo das aflições e das perguntas sem remédio.

Penetra no silêncio da própria alma, escuta os pensamentos que te nascem do próprio ser e reconhecerás que a solução da vida surgirá de ti mesmo.

*********************
Emmanuel 
Chico Xavier